DIRETORES E PRESIDENTE DA CESP CENTRAL PARTICIPAM DE SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA FEDERAÇÃO SINDICAL MUNDIAL

DIRETORES E PRESIDENTE DA CESP CENTRAL PARTICIPAM DE SEMINÁRIO INTERNACIONAL DA FEDERAÇÃO SINDICAL MUNDIAL

Os Diretores da CESP Central, Michel Vaz (diretor de relações internacionais), Rodinei Rosseto (secretário geral), Dr. Jorge Felipe dos Santos (assessor jurídico), Aldo Liberato (diretor financeiro), Gilson de Souza Carvalho (diretor da região sudeste), Marco Antônio Bertonha (diretor sindicato municipal de Bariri -SP) e a sua presidente Lilian Fernandes, participarão do Seminário Internacional organizado pela Federação Sindical Mundial (FSM), que acontecerá em São Paulo/SP no dia 04/03. O tema central do evento é “A Crise do Capitalismo e seus Impactos na Organização Sindical e no Trabalho”.

A FSM, fundada em 3 de outubro de 1945 em Paris, França, é a segunda organização sindical mais antiga do mundo e desempenhou um papel fundamental na criação da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Seu compromisso é com o movimento sindical de classe, lutando contra o capitalismo e o imperialismo, com o objetivo de construir uma sociedade livre da exploração do homem pelo homem.

Inicialmente, a FSM abrigou sindicatos da Europa, América do Norte e outras partes do mundo, com tendências social-democratas e comunistas. No entanto, devido às tensões da Guerra Fria e divergências entre essas tendências, os sociais-democratas se separaram e formaram a Confederação Internacional de Sindicatos Livres (COISL). Em 2006, a COISL se fundiu com a Confederação Mundial do Trabalho (CMT) para criar a Confederação Sindical Internacional (CSI).

Atualmente, a FSM conta com cerca de 92 milhões de membros em 126 países (dados do período de 2011-2016). No Brasil, ela é representada pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), que ocupou a vice-presidência da FSM em 2011, e pela Unidade Classista, membro da FSM desde 2016. Além disso, em 2019, a FSM demonstrou solidariedade aos trabalhadores e ao povo da Síria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *