GOVERNO ANUNCIA NESTA SEGUNDA-FEIRA A POLÍTICA SALARIAL DE 2024 PARA OS(AS) SERVIDORES(AS) FEDERAIS

GOVERNO ANUNCIA NESTA SEGUNDA-FEIRA A POLÍTICA SALARIAL DE 2024 PARA OS(AS) SERVIDORES(AS) FEDERAIS

CESP – Central Sindical, entende que os recursos previstos no Orçamento da União, de apenas 1,5 bi, são insuficientes e que o governo precisa melhorar sua proposta

Os(as) servidores(as) federais aguardam com grande expectativa a definição da política salarial do governo para o próximo ano, que deverá ser anunciada durante a reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente, marcada para às 14h30min, no dia 18/12/2023, em Brasília-DF.

A CESP – Central das Entidades de Servidores Públicos do Brasil, participa das reuniões da Mesa de Negociação, representada pelo Diretor de Servidores(as) Federais, Gaspar Francisco Hickmann.

No Orçamento da União para 2024, está previsto apenas R$ 1,5 bilhão, o que representa um aumento linear inferior a 1% para todo o conjunto do funcionalismo público federal. Para compensar esse baixo percentual, a ideia do Ministério da Gestão, é elevar benefícios como auxílio-alimentação, auxílio creche e plano de saúde.

A CESP – Central Sindical, não concorda e não apoia essa proposta do governo, pois isso não contemplaria aposentados(as) e pensionistas, justamente aqueles(as) que mais necessitam ser beneficiados na atual conjuntura.

Para o Diretor de Servidores(as) Federais da CESP Central, Gaspar Francisco Hickmann, embora o montante de recursos previstos para o Orçamento de 2024 já esteja definido, o governo poderia se comprometer em destinar parte do excedente da arrecadação federal para melhorar o reajuste salarial dos servidores ao longo do ano de 2024.

Gaspar explica que o novo arcabouço fiscal prevê a possibilidade de aumento dos gastos públicos conforme a arrecadação do governo também aumentar. Dessa forma, seria importante assegurar negociação para garantir que pelo menos parte do excedente da arrecadação seja direcionado para investimentos no funcionalismo público federal, visando recompor o seu poder de compra.

Esse será o posicionamento da CESP – Central Sindical, na reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente, que acontece nessa segunda-feira, dia 18/12/2023, a partir das 14h30min, em Brasília-DF.

CESP “A voz e a vez dos Servidores Públicos do Brasil!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *